Seletor idioma

Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mestrado
Início do conteúdo da página

Mestrado

Publicado: Quinta, 28 de Novembro de 2019, 12h19 | Última atualização em Quinta, 28 de Novembro de 2019, 12h19 | Acessos: 94

Desde a implantação do Curso de Mestrado em Matemática, observou-se uma aceleração do desenvolvimento da Matemática e da Estatística no Amazonas. Existem vários indicadores que nos permitem afirmar isto. Como exemplo: vários egressos concluíram ou estão em fase de conclusão do doutorado em Universidades gabaritadas, como a UnB, a PUC/RJ, a UFRJ, a UNICAMP e a UFC. Alguns destes retornaram à UFAM e fazem parte do corpo docente do programa. O objetivo de formar professores de ensino superior para atuar na Região Norte tem sido alcançado. Com efeito, os egressos do programa estão em sua maioria exercendo atividades como professores em campi na capital e no interior do Estado do Amazonas, na Universidade Federal do Amazonas, na Universidade Estadual do Amazonas, nas diversas faculdades, universidades e centros universitários privados de Manaus, além de atuarem em universidades em outros estados, como a Universidade Federal de Roraima, a Universidade Federal do Acre e a Universidade de Brasília. Um outro ponto importante, que mostra a expansão do programa para além das fronteiras do Estado do Amazonas, foi a criação do mestrado interinstitucional em parceria com a Universidade Federal do Acre, sendo a UFAM a responsável pela coordenação do projeto que conseguiu formar 6 novos mestres através desta associação.

Com o objetivo de fortalecer a pesquisa, cientistas do mais alto nível tem sido convidados para proferir palestras e minicursos e alguns professores vindos de outras instituições tem colaborado na condição de visitantes. Como uma política de desenvolvimento do programa, os docentes estão engajados em diversos projetos de pesquisa financiados por agências de fomento como CNPq, CAPES e FAPEAM, alguns como pesquisadores e outros como coordenadores. Há um plano de ação promovendo um forte intercâmbio científico com outras instituições de pesquisa do Brasil e do Exterior, destacando-se a participação do professor visitante Victor Ayala (Universidad del Norte, Chile) e do professor Cleon Barroso (UFC). Além disso, procurou-se estabelecer cooperações com centros consolidados de pesquisa em Matemática e Estatística no Brasil como a USP, a UFMG, a UnB, a UFC, a UNICAMP, o IMPA e a UFRJ. Parcerias com pesquisadores estrangeiros também estão em pauta, especialmente na área de Geometria Diferencial, onde podemos citar colaborações recentes com pesquisadores da Universitat Augsburg (Alemanha), da University of Tromso (Noruega) e do Institute of Mathematics of Jena (Alemanha).

Fim do conteúdo da página